Allan Aal comemora acesso: “Temos que bater no peito, estamos na primeira divisão!”

82

Fotos:Fotos: AssCom/Cuiabá/FMF

O caminho até a Série A do Campeonato Brasileiro foi cheio de pressão, dificuldades e oscilações. Porém, Allan Aal, soube driblar bem tudo isso para comandar o Cuiabá até o seu principal objetivo na temporada: chegar à elite do futebol brasileiro.

Na última partida como mandante na Série B do Brasileiro, a tarefa do treinador e seus jogadores era de somar apenas um ponto. Na teoria, algo normal, afinal, o Cuiabá só não pontou uma vez jogando na Arena Pantanal – derrota para o CSA por 1 a 0, pela 22ª rodada da Segundona. O Dourado entrou na rodada com melhor desempenho em casa entre todos os clubes na competição – 76% de aproveitamento dos pontos.Mas a história teve um rumo diferente. O Cuiabá soube que empate em 1 a 1 entre CSA e Brasil de Pelotas, em Maceió, garantia o Durado na primeira divisão, sem que entrasse em campo contra o Sampaio Corrêa. Uma mistura de felicidade, alívio, aliado com a sensação de dever cumprido.

Allan Aal, técnico do Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

Allan Aal, técnico do Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

De contestado pela torcida, após início irregular no Cuiabá, à um dos responsáveis pelo feito de colocar fim no jejum que durava mais de três década de Mato Grosso sem ter um time na Série A do Campeonato Brasileiro. Allan Aal e jogadores escreveram seus nomes na história do clube Auriverde.

Cuiabá conquista acesso à Série A do Brasileiro — Foto: FMF

Cuiabá conquista acesso à Série A do Brasileiro — Foto: FMF

Após 90 minutos, o Cuiabá saiu derrotado por 3 a 1 pelo Sampaio Corrêa, na noite da última sexta-feira, em partida válida pela 37ª rodada da Série B. Essa foi derrota mais saborosa do Dourado nesses 19 anos de história. Afinal, o clube mato-grossense estará entre os 20 melhores do país em na próxima temporada.

Deixe uma resposta