Allan Aal comemora acesso: “Temos que bater no peito, estamos na primeira divisão!”

15

Fotos:Fotos: AssCom/Cuiabá/FMF

O caminho até a Série A do Campeonato Brasileiro foi cheio de pressão, dificuldades e oscilações. Porém, Allan Aal, soube driblar bem tudo isso para comandar o Cuiabá até o seu principal objetivo na temporada: chegar à elite do futebol brasileiro.

Na última partida como mandante na Série B do Brasileiro, a tarefa do treinador e seus jogadores era de somar apenas um ponto. Na teoria, algo normal, afinal, o Cuiabá só não pontou uma vez jogando na Arena Pantanal – derrota para o CSA por 1 a 0, pela 22ª rodada da Segundona. O Dourado entrou na rodada com melhor desempenho em casa entre todos os clubes na competição – 76% de aproveitamento dos pontos.Mas a história teve um rumo diferente. O Cuiabá soube que empate em 1 a 1 entre CSA e Brasil de Pelotas, em Maceió, garantia o Durado na primeira divisão, sem que entrasse em campo contra o Sampaio Corrêa. Uma mistura de felicidade, alívio, aliado com a sensação de dever cumprido.

Allan Aal, técnico do Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

Allan Aal, técnico do Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

De contestado pela torcida, após início irregular no Cuiabá, à um dos responsáveis pelo feito de colocar fim no jejum que durava mais de três década de Mato Grosso sem ter um time na Série A do Campeonato Brasileiro. Allan Aal e jogadores escreveram seus nomes na história do clube Auriverde.

Cuiabá conquista acesso à Série A do Brasileiro — Foto: FMF

Cuiabá conquista acesso à Série A do Brasileiro — Foto: FMF

Após 90 minutos, o Cuiabá saiu derrotado por 3 a 1 pelo Sampaio Corrêa, na noite da última sexta-feira, em partida válida pela 37ª rodada da Série B. Essa foi derrota mais saborosa do Dourado nesses 19 anos de história. Afinal, o clube mato-grossense estará entre os 20 melhores do país em na próxima temporada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.