Congresso e Senado se articulam para aprovação da reforma tributária em até 8 meses

11

Congresso e Senado se articulam para aprovar a proposta de reforma tributária aprovada nas duas casas do Congresso em até 8 meses. O objetivo dos congressistas com a proposta, tida como uma das prioridades pela equipe econômica do governo Jair Bolsonaro é ser o mais justo possível e entregar ao país um “sistema de arrecadação mais simplificado, menos burocratizado, com mais justiça social, não inibindo o setor produtivo do Brasil“.

Desde que Pacheco e Lira assumiram os cargos após a eleição de 1º de fevereiro, os 2 têm dialogo com o Planalto para avançar a pauta econômica.

Os dois chefes do Legislativo federal também disseram que vão estudar um modelo para retomar o pagamento do auxílio emergencial para garantir renda e trabalhadores afetados pela pandemia sem descumprir a regra do teto de gastos. Lira e Pacheco devem discutir alternativas ainda nesta 5ª feira (4.fev) em reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.