Prefeita tucana contrata contador acusado de incêndio em prefeitura no Norte de MT

517

A prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (PSDB) contratou um profissional de contabilidade acusado de crime contra a prefeitura de Nova Bandeirantes, em 2018. No dia 4 deste mês, a prefeitura nomeou o contador sob a portaria nº 023/2021 e divulgou a publicação no último dia 8.
À época, a Justiça de Mato Grosso havia determinado a prisão temporária do contador F.R.S e mais duas advogadas (N.A.B.S., 33, e C.O.) na cidade de Nova Bandeirantes. Os três e mais o vigilante (A.F.S, 51) foram condenados por terem ateado fogo na prefeitura.
Segundo a Polícia Civil, o contador e as advogadas tinham interesse em destruir documentos e acusar o prefeito da época, Valdir Rio Branco (PSB)  do incêndio para se livrarem de um procedimento administrativo que respondiam internamente na prefeitura.
Em Barão de Melgaço, a população já manifestou descontentamento com a atitude da prefeita de primeiro mandato, que foi eleita com votação expressiva por apontar o dedo para os desmandos da administração passada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.