Prefeito perde paciência com “pseudos empresários da noite cuiabana

Vereadores aprovaram os valores das multas que vão de R$ 3,00 até R$ 60 mil e  fechamento dos estabelecimentos comerciais por 90 dias

61

Durante uma live diretor de Brasília, na tarde de ontem (2), o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) predeu a paciência com os empresários que ele classificou de “pseudos empresários” da noite cuiabana. Nesta manhã, os vereadores aprovaram os valores das multas que vão de R$ 3,00 até R$ 60 mil e  fechamento dos estabelecimentos comerciais por 90 dias. “Sejam responsáveis, façam sua parte. Chega de passar as mãos na cabeça de empresários, aliás, pseudo empresário que dizem ser geradores de emprego e renda, mas, que são verdadeiros propagadores da Covid na nossa capital.

O prefeito não vai mais admitir a negligência daqueles que descumprirem os decretos municipais. “Chega, confiamos em vocês e acreditamos que  iriam fazer a parte de vocês. Daqui pra frente teremos instrumentos legais para cobrar por que será lei as medidas impostas”,  avisou o prefeito.
O aviso foi para os segmentos de bares, restaurantes e similares para que organizem seus estabelecimentos e cumpram as normas de biossegurança contidas no decreto 8.204/2020.
Os estabelecimentos devem seguir as medidas de biossegurança que são elas:  limitação de 50% de capacidade máxima do local, distanciamento social, uso de máscara obrigatório, disponibilizar álcool em gel 70%, higienização  constante dos produtos devem ser aplicadas pelos estabelecimentos.
O prefeito defende que aqueles que cumprem as medidas de biossegurança não devem ser penalizados por causa de atitudes de empresários da noite ‘irresponsáveis’.  “Os bons não podem pagar pelos negligentes. Aqueles que respeitam as normas e decretos, que reconhecem que vivemos um momento delicado e não vivemos em plena normalidade não podem pagar pelos que fazem festas, não usam máscaras, que permitem a superlotação em seus estabelecimentos, que não respeitam o horário de fechamento ou normas alguma. Chega, é  tolerância zero com esse pessoal”afirmou o prefeito.
O decreto determina que os bares, restaurantes e congêneres funcionarão das 11h às 22h. Já o horário de atendimento para as padarias, lanchonetes, açougues, sorveterias, cafeterias e congêneres será de 6h30 às 19h ( segunda a domingo).

Com relação às atividades do comércio varejista nos shopping centers, o horário do atendimento ao público será das 10h às 21h. Já o funcionamento do Shopping Popular de Cuiabá, ficou determinado o horário de funcionamento das 8h às 18h, sendo vedada a abertura aos domingos e feriados. Os supermercados e congêneres devem abrir as portas das 6h às 22h (segunda a domingo).

Deixe uma resposta