De família humilde, jovem zagueiro compõe elenco do Cuiabá e sonha: “Pode mudar minha vida”

29

A esperança de dar condições melhores para a família é o combustível que move o Vitor Hugo. O jovem zagueiro do Cuiabá ainda nem tem contrato profissional, e agarra a oportunidade de fazer parte do elenco do Dourado como a chance da sua vida.

De família humilde da capital mato-grossense, mesmo sem ganhar alto salário, o jogador já ajuda seus pais.

– Eu vejo que essa oportunidade é única e pode mudar minha vida. Continuo trabalhando firme para seguir indo aos jogos e logo logo fazer minha estreia. Disputar a Série A é o sonho de qualquer moleque que joga futebol. Quero muito fazer parte do grupo durante essa competição e poder ajudar o Cuiabá a se manter na elite – afirmou Vitor Hugo.

Segundo relatos do jogador, sua família nunca teve casa própria. Quando ele tinha entre 10 e 13 anos, seus pais alugavam um quarto de uma casa e dormiam todos juntos: ele, sua irmã, a mãe e o pai. Sem poder pagar o aluguel, tiveram que sair. Atualmente moram em um quarto nos fundos da casa da avó paterna no Bairro Bela Vista, em Cuiabá.

O futebol é a esperança de um jovem que não desiste do seu sonho.

– É um momento que não consigo expressar o tamanho da alegria, já passei por tantas dificuldades, ouvi tantos “não” no futebol e hoje com 17 anos estar integrando o elenco profissional de uma equipe de Série A é um momento e uma sensação inexplicável. Estou muito feliz e quero crescer cada vez mais aqui no Cuiabá.

Vitor Hugo tem apenas 17 anos e ainda não entrou em campo pelo Cuiabá. Pelo elenco reduzido neste começo de temporada, o zagueiro tem sido relacionado. Mesmo treinando com os profissionais, o clube espera contar com o jogador em um futuro próximo, dependendo da evolução dele como atleta.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.