Maxi Russi justifica reprovação do feriadão para conter Covid-19

61

O presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi (PSB)  esclareceu o posicionamento contrário dos deputados estaduais ao projeto de lei que anteciparia cinco feriados no estado de Mato Grosso, ainda nesta semana. De acordo com Maxi, os demais parlamentares entenderam, que apenas decretar os feriados não seria medida suficiente para conter a disseminação do coronavírus em Mato Grosso. O feriadão provocaria mais aglomeração

“Os argumentos da votação e que vários deputados disseram é que os feriados, por si só, não trariam benefício ao momento de pandemia”, disse Max Russi.

Sobre a reprovação da matéria, o líder de governo no Parlamento, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), explicou que a base foi liberada para votar de forma independente. “Não teve orientação do Governo. Deixei toda a base liberada para votar como achar melhor”, declarou o parlamentar em plenário.

O projeto, que teve parecer oral em plenário pela rejeição por parte da Comissão de Trabalho e Administração Pública, foi reprovado e foi arquivado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.