Comunidades indígenas recebem doações de cestas básicas e combustíveis em Barão de Melgaço

13

O Polo Socioambiental Sesc Pantanal, em parceria com o Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, por meio do Programa Justiça Comunitária, e a ONG SOS Pantanal realizaram nesta terça-feira (30.03) a doação de 60 cestas básicas (1380kg) e 50 litros de combustível para a Aldeia Perigara, no município de Barão do Melgaço, região do Pantanal mato-grossense.

A doação integra um conjunto de ações de distribuição de alimentos que o Sesc Pantanal vem realizando para atender famílias com poucos recursos, impactadas pela pandemia da Covid-19.

A superintendente do Sesc Pantanal, Christiane Caetano, conta que as doações são possíveis graças à colaboração de parceiros. “O cacique da aldeia entrou em contato conosco informando sobre a situação crítica da comunidade, que precisa de alimentos e combustível. Conseguimos através da Justiça Comunitária, do Poder Judiciário, a doação das cestas básicas e da ONG SOS Pantanal recebemos o combustível”, explica.

De acordo com o juiz coordenador do programa Justiça Comunitária, José Antônio Bezerra Filho, a doação das cestas básicas são oriundas do Governo do Estado, por meio da primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, e da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

“É uma honra participar dessa ação em parceria com o Sesc Pantanal e conseguir atender essas famílias em situação de vulnerabilidade”, comenta o juiz. O magistrado reitera que por mais distante que as comunidades estejam localizadas, elas precisam receber todo auxílio necessário para manter a dignidade.

“A ação também mostra um Poder Judiciário presente, pois levamos não só alento, dignidade, mas esclarecimentos sobre o auxílio governamental e outras ocorrências que por ventura possam surgir”, enfatiza José Antônio.

A visita também visa promover a inclusão social dessas comunidades. “É importante que os nossos irmãos, por mais distantes que estejam, recebam nosso espírito de solidariedade e justiça. Nossa missão também é propiciar a inclusão dessas famílias”, finaliza o juiz.

A equipe de doação parte para a comunidade munida de toda segurança que a ocasião requer, com uso de máscaras e protetores faciais, álcool gel, dentre outras medidas de biossegurança necessárias.

Deixe uma resposta