Comissão da ALMT acompanha entrega de cartão alimentar do governo

30

Moradores de baixa renda da região Médio-Norte receberam, nesta quinta-feira (6), o cartão do auxílio financeiro do Programa Ser Família Emergencial para a aquisição exclusiva de alimentos. A comitiva, composta por secretários de Estado, pelo primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) e o deputado Dr. João, entregou 623 cartões em Diamantino, 723 em Alto Paraguai, 340 em Nortelândia e mais 159 em Arenápolis.
A ação social é fruto da parceria da Assembleia Legislativa e Poder Executivo. Famílias carentes de bairros de Cuiabá e Várzea Grande também já foram contempladas. A ALMT destinou R$ 10 milhões de recursos próprios para efetivar o programa, que antes seriam durante três meses, no valor de R$ 150. Contudo, com a parceria do senador Jayme Campos, firmada na semana passada, mais dois meses foram garantidos com a liberação de mais R$ 15 milhões, além da contrapartida do governo.
Durante cerimônia de entrega, Botelho destacou a preocupação da ALMT em ajudar os menos favorecidos e criou a comissão especial, denominada Observatório Socioeconômico, para acompanhar e apontar ações para os setores mais críticos em decorrência à pandemia da Covid-19. Além de apoiar medidas para ajudar os pequenos e micro empreendedores e aprovar a proibição no corte de energia elétrica; a distribuição de cestas básicas e o cartão emergencial estão sendo entregues, para aliviar o sofrimento de milhares de famílias.

Deixe uma resposta