Em Rondonópolis, mulher que dirigia bêbada com seu parceiro, bate em árvore e ainda xinga policiais

No boletim de ocorrência consta que ela e seu parceiro têm passagens por porte ilegal de armas, desacato e ameaças de agreções

59

A Polícia Militar prendeu no início da madrugada deste sábado (15) um casal que conduzia uma caminhonete S-10, em Rondonópolis (216 KM de Cuiabá). Ambos estavam embriagados, e a mulher, que conduzia o veículo, teria xingado e gritado com os policiais que atenderam a ocorrência.

Ao verificar o histórico do casal, a PM constatou que a mulher já tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo e desacato. O homem também possuía um registro de ameaça. Ambos foram conduzidos com a caminhonete S-10, que teve que ficar estacionada na rua, ao lado de fora da delegacia, em razão do município não possuir um pátio de veículos. A suspeita foi levada algemada.

Os policiais informaram ainda que a caminhonete estava danificada em razão de uma colisão com uma árvore, quando era guiada pela mulher.

O registro do incidente feito pela PM revela uma verdadeira “noitada” do casal no início do fim de semana. Os policiais contam que foram acionados após a denúncia de uma caminhonete que era guiada de forma perigosa, no Conjunto São José, em Rondonópolis.

Ao chegar ao local, a PM flagrou que o casal estava “brigando” (em vias de fato) com outras pessoas por motivos não revelados. Com a chegada dos policias, o grupo deixou o local, ficando apenas o homem e a mulher.

Em conversa com os policiais, a mulher, em visível estado de embriaguez, confirmou que conduzia a caminhonete S-10. Dentro do veículo foram encontrados uma garrafa de whisky, além de latas de cerveja.

A PM conta que após sugerir que o casal entrasse em contato com alguém para buscar a caminhonete – em razão de ambos estarem em estado de embriaguez -, a mulher teria se “descontrolado”, e passado a gritar e ofender os policiais dizendo “filhos da puta, bando de vagabundos desgraçados e covardes”. Na bolsa da suspeita, os policiais encontraram ainda um cigarro de maconha.

 

Deixe uma resposta