Presidente do Intermat presta contas à Comissão de Agropecuária da ALMT

12

A Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e Regularização Fundiária, presidida pelo primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), recebeu o presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso – Intermat, Francisco Serafim de Barros, nesta terça-feira (25), para prestar esclarecimentos sobre o trabalho que vem sendo feito para acelerar a entrega de títulos definitivos urbanos e rurais, um dos grandes gargalos de Mato Grosso.

Neste domingo, Botelho esteve na Gleba Resistência, onde moradores aguardam pela regularização fundiária há 25 anos. Durante as explicações de Serafim, Botelho destacou a importância de acompanhar todas as ações do órgão que tem a parceria dos deputados.

“Um dos grandes problemas do estado é a regularização fundiária e fizemos uma parceria para acelerar o trabalho. O Intermat nos mostrou que mudou realmente a forma de trabalhar e está dando resultado, que está acelerado, e que a regularização fundiária é meta. Mudou a forma de entregar os títulos, agora, já são entregues registrados em cartório e isso, sem dúvida nenhuma, é um avanço. Vamos acompanhar através da comissão todo o trabalho feito pelo Intermat. A Assembleia tem participado muito para ajudar a resolver essa questão. Já doamos equipamentos, carros, mão-de-obra, destinamos recursos. Agora, é acompanhar o trabalho e fazer dar resultados”, avaliou Botelho.

Citou que há casos mais complicados por se tratar de áreas particulares, mas que a exemplo do bairro Renascer que foi resolvido, outras regiões começam a receber seus títulos, como a do Pedra 90 e Santa Isabel, em Cuiabá.

Deixe uma resposta