Vai entender! Sintep emite Nota alertando professores para não escolherem vacinas

Até a poucos dias, a categoria por meio do Sintep, brigava pela inclusão no grupo prioritário de vacinação. Agora estão escolhendo vacinas e de certa forma, atrapalhando o calendário estadual

71

[19:06, 16/06/2021] Valdeir Sintep: Nota Pública do Sintep-MT na defesa intransigente pela vacina

O Sindicato dos Profissionais no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) vem a público reafirmar a sua defesa intransigente pela vacina. Sabemos que o período em que vivemos, de pandemia, afetou severamente nossas vidas, de nossas famílias e em especial, as atividades escolares devido ao alto risco de transmissibilidade do novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, observamos aflitos e ao mesmo tempo esperançosos, a corrida dos países pelo desenvolvimento de uma vacina capaz de minimizar o impacto provocado pela Covid-19 à saúde humana.

As vacinas, embora adquiridas tardiamente pelo governo brasileiro – que deliberadamente negligenciou a urgência dessa necessidade – são agora, nosso fio de esperança reascendendo em meio ao caos de saúde pública que se instalou no mundo, e em nosso país, de maneira ainda mais evidente.
Reiteramos nossa defesa à vida, a nossa credibilidade depositada na ciência na busca pela proteção contra esse vírus que já matou quase meio milhão de brasileiros. Defendemos a vacinação para todos já! Destacamos ainda que somos favoráveis ao retorno das aulas presenciais a partir do momento em que se efetivar essa vacinação e imunização em massa da população e, diante disso, defendemos a responsabilização com sanções cabíveis daqueles e daquelas que, observamos ser a minoria, vierem porventura, se recusar a receber o imunizante.

Ser vacinado é um ato de amor e responsabilidade com sua própria vida e a do próximo. Temos a plena certeza de que essa consciência coletiva em prol da saúde pública prevalece entre os profissionais da Educação de Mato Grosso.

Vacinação dos Educadores em Cuiabá

O Sintep-MT tomou conhecimento por meio da mídia, na data da última terça-feira (15/06), de um levantamento feito pela Prefeitura Municipal de Cuiabá que apontou que nos 12 primeiros dias de junho, 1.541 profissionais da educação do município, que estavam agendados, não compareceram aos postos de vacinação para receber a vacina.

Quanto à esse fato, alertamos aos trabalhadores da Educação que já realizaram o cadastro, que verifiquem por no mínimo, três vezes ao dia, o site da prefeitura de Cuiabá para checar se o seu agendamento já foi feito, visto que há relatos de muitos profissionais que foram agendados, mas não receberam nenhum e-mail ou qualquer outro tipo de contato por parte da prefeitura comunicando sobre o agendamento. Pedimos que os companheiros tenham esse comprometimento em verificar o site onde o cadastro foi feito, para checar se o agendamento já foi marcado, afim de evitar perder o dia da tão esperada vacina.

Destacamos ainda que não acreditamos que o número de faltosos seja reflexo de uma suposta recusa dos trabalhadores da educação em se vacinar, uma vez que essa, na verdade, é uma luta pela qual esperamos muito tempo para se concretizar. Além do mais, temos como raciocínio lógico o fato de que, se o trabalhador realizou o seu cadastro para entrar na fila da vacinação, pressupõe-se o seu desejo evidente de receber o imunizante.

Além do mais, existem situações diversas que explicam o número de faltas, como por exemplo: pessoas que tomaram a vacina da gripe há menos de 15 dias, e por isso, não poderiam receber o imunizante contra a Covid nesse intervalo de tempo e ainda, educadores que têm vínculo em unidades escolares tanto em Cuiabá quanto em Várzea Grande e que possam vir a ter se vacinado no município vizinho.

Orientações para quem perdeu a data agendada em Cuiabá

Conforme orientações que recebemos da Prefeitura de Cuiabá, os profissionais da Educação que por algum motivo perderam a data agendada para receber a vacina, terão ainda os dois dias subsequentes para irem diretamente no local indicado utilizando o mesmo QRCode informado no agendamento. Caso perca esse prazo de dois dias subsequentes ao agendamento, os que faltaram, precisarão realizar um NOVO CADASTRO no site, de modo que, a partir daí, mais uma vez, precisarão estar atentos e verificando o site da prefeitura frequentemente, porque é lá que será mostrado o dia, a hora e o local do próximo agendamento.

Vacina para todos já!
Sintep-MT na defesa pela vida.
Fonte: Direção do Sintep-MT.
[19:07, 16/06/2021] Valdeir Sintep: Reafirmamos que todos trabalha

Deixe uma resposta