EmpaerMT cumpre decisão judicial e demite 31 servidores efetivados sem concurso

27

A Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência, e Extensão Rural (Empaer), ligada ao Governo de Mato Grosso, publicou na edição do Diário Oficial desta segunda-feira (21), a demissão de 31 servidores da organização. Eles foram admitidos nos anos 1990 por meio de um processo seletivo simplificado – ou seja, não prestaram concurso.

Entre os trabalhadores que perderam o emprego, a maioria são engenheiros (14), seguidos por auxiliares de escritório (10), técnicos agrícolas (5), além de um médico veterinário e uma bacharel em Comunicação Social. A decisão atende a uma ação civil pública que tramitou na 4ª Vara do Trabalho de Cuiabá, e que condenou a Empaer a realização do concurso público para preenchimento dessas vagas.

Deixe uma resposta