Força Tática de Sinop mata mais um membro do “novo cangaço” que roubou bancou em Nova Bandeirantes

215

Gazetadigital

Um criminoso suspeito de integrar quadrilha que assaltou bancos em Nova Bandeirantes foi morto em confronto com policiais da Força Tática, na tarde deste sábado (26). Outro suspeito foi preso e 3 fugiram. O tiroteio ocorreu entre as cidades de Nova Bandeirantes e Juruena. O assalto aos dois bancos ocorreu no dia 4 de junho e desde então policiais de Mato Grosso estão em uma força-tarefa para localizar os criminosos. Desde a data do crime, 4 suspeitos foram mortos pelos agentes e dois presos.

Segundo informações, na tarde deste sábado, militares do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) faziam busca pela região onde os criminosos pdoem estar escondidos e avistaram uma caminhonete com as características de veículo usado pela quadrilha.

Via aérea e terrestre, os policias perseguiram os criminosos e houve a troca de tiros, no qual um suspeito foi morto. O baleado chegou a ser levado para atendimento médico, mas não resistiu. As equipes do Batalhão de Operações Policias Especiais (Bope) e do Ciopaer prenderam outro suspeito que tentou fugir por uma fazenda.

O Bope continua as buscas dentro da mata e tenta localizar 3 suspeitos que conseguiram fugir. Com o grupo foram aprendidos um fuzil, uma arma curta e dinheiro.

O caso
Pelo menos 12 criminosos agiriam no assalto aos bancos no interior. Eles fizeram moradores reféns e os usaram como escudo humano para se protegerem da polícia. Roubaram veículos e atearam fogo em caminhonete, sobre uma ponte para obstruir a passagem dos militares.

Populares viveram momentos de terror na manhã do dia 4, com toda a ação criminosa e a perseguição policial.
Parte do dinheiro levado foi recuperado, 5 criminosos mortos, dois presos e outros foragidos.

Deixe uma resposta