Energia mais cara amanhã (29) com custo adicional de R$ 6,243 para cada 100 kwh

36

Por falta de chuvas, as contas de luz ficarão mais caras em junho, com a adoção da bandeira tarifária vermelha de patamar 2, segundo anunciou hoje a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A mudança representará um custo adicional de R$ 6,243 para cada 100 kWh consumidos.

Em nota, a agência explicou que maio foi o primeiro mês da estação seca nas principais bacias hidrográficas do SIN (Sistema Interligado Nacional). Por isso, junho deve começar com os principais reservatórios em níveis mais baixos do que o normal para esta época do ano, o que indica redução na geração de energia nas usinas hidrelétricas e aumento de produção nas termelétricas.

O governo publicou um alerta de emergência hídrica para o período de junho a setembro em cinco estados brasileiros: Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. É o primeiro alerta desta natureza em 111 anos de serviços meteorológicos no país.

Deixe uma resposta