PIB do agro foi de R$149,2 bilhões com grande diferença ao arrecadado no início do ano

15

A participação da agropecuária mato-grossense no PIB do Brasil é extremamente relevante. Os números mostram o estado em primeiro lugar no ano de 2020, batendo mais um recorde de faturamento. A questão é que os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE) nesse período foram inferiores ao faturamento real do estado, que foi de R$ 149,2 bilhões, diferente dos quase R$ 134,3 bi divulgados anteriormente.

Os números foram prontamente corrigidos após a identificação do Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio-MT (IPF-MT). “O papel do IPF-MT também é analisar os dados que são apresentados por órgãos para avaliar e colaborar com as informações quando necessário”, explicou o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior.

Os números atualizados correspondem a 17,1% do Valor Bruto da Produção Agropecuária no país, que atingiu a marca de R$ 871,3 bilhões somados no ano passado. Para se ter uma ideia do faturamento de Mato Grosso, o valor corresponde à soma de todos os estados do Centro-Oeste (R$ 128,4 bilhões).

No campo, os principais cultivos no estado são a soja, milho e algodão. Na pecuária, a produção de bovinos aparece em primeiro, seguido de frangos e suínos. O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP-A) mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento.

Deixe uma resposta