Valor da vida: R$ 5.5 mil. Juiz solta homem que matou guia turístico em Chapada dos Guimarães

Ginseng Matheus Souza Silva, de 43 anos, está em liberdade provisória depois de pagar cinco salários mínimos como fiança, ou seja, cerca de R$ 5,5 mil.

56

O juiz Ramon Fagundes Botelho, da Segunda Vara de Chapada dos Guimarães (70 km de Cuiabá), concedeu liberdade provisória a Ginseng Matheus Souza Silva, de 43 anos, depois de pagar cinco salários mínimos como fiança, ou seja, cerca de R$ 5,5 mil.

Ginseng foi preso no domingo (1º), horas depois de ter atropelado e matado, na noite de sábado (31), o guia de turismo Plínio Riuji, de 37 anos. Segundo a Polícia Civil, ele estava bêbado quando atingiu o guia, que estava de bicicleta, com seu Fiat Uno.

A audiência de custódia foi realizada na tarde desta terça-feira (3). De acordo com o juiz, além do motorista preencher todas as hipóteses necessárias para sua liberdade, não ficou comprovada a necessidade extrema da prisão do motorista.

Deixe uma resposta