Prefeita ressalta importância de parcerias com o governo para reestruturar Barão de Melgaço

75

Sid Carneiro

A prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves (PSDB) recebeu nesta sexta-feira (8), em Cuiabá, um veículo Strada Edurence da Fiat, por meio do programa Mais Mato Grosso. “Agora podemos dizer que estamos iniciando um grande trabalho de recuperação das nossas estradas rurais e ruas urbanas”, afirmou a prefeita, que conta com futuras emendas parlamentares para obter mais recursos financeiros, que vão ajudar na conclusão de ações e obras fundamentais para o município.

A prefeitura foi contemplada recentemente, com uma motoniveladora hidráulica para atender a população urbana e rural, com infraestrutura de qualidade que chegará à agricultura familiar. De acordo com a prefeita, sua gestão recupera novos equipamentos e maquinários com recursos próprios, que foram entregues pela gestão passada, sem condições de uso. “A maior parte do nosso território é de estrada de terra e temos que dar manutenção das estradas. Estamos lutando para darmos qualidade ao setor do turismo de verdade”, disse.

A prefeita trabalha para adquirir uma retroescavadeira, cujo valor será em parceria com o governo do estado. Além de atuar fortemente sobre um projeto de construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) municipal e asfalto para o centro da cidade e demais regiões no interior do município.

No entanto, ela ressaltou as dificuldades administrativas para acelerar o ritmo do crescimento econômico e social do município por falta de certidões negativas, que já estão sendo providenciadas nos órgãos competentes, em nível federal e estadual. “Sem certidões as coisas demoram a acontecer, mas estamos providenciando a solução desse problema antigo no nosso município”, esclareceu.

Os investimentos que integram o programa Mais MT alcançam o montante de R$ 209 milhões. Por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), serão investidos até junho de 2022, R$ 106 milhões em duas etapas. Já pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), o investimento total é de R$ 103 milhões.

A prefeita disse que sua meta e preparar o município para sua vocação que é o turismo com responsabilidade social. “Temos que estruturar o município para receber o turismo que possa realmente dar o suporte que a cidade espera. Atualmente o turismo é de exploração e não nos direciona para o crescimento. E o suporte do Governo e dos demais poderes é importante”, afirmou Margareth.

 

Deixe uma resposta