Em Curvelândia, familiares e amigos sepultaram a jovem de 18 anos assassinada no Paraguai

1.540

Gazeta digital

A jovem Rhannye Jamilly Borges de Oliveira, 18, foi sepultada na tarde de domingo (10), na sua cidade natal, Curvelândia. A estudante de Medicina foi assassinada na madrugada de sábado (9), em Pedro Ruan Caballero (PY), e o corpo chegou a Mato Grosso na manhã do domingo para os procedimentos fúnebres.

A Rhannye foi executada com vários tiros ao sair de uma festa na cidade paraguaia, onde estudava. Além dela, outras 3 pessoas também foram baleadas e morreram no local. São elas: Omar Vicente Álvarez Grance, 32, Kaline Reinoso de Oliveira, 22, e Haylee Carolina Acevedo Yunis,21, filha de Ronald Acevedo, governador do estado paraguaio de Amabai.

Bruno Elias Pereira Sanchez, 20, e Rafaeli Nacimento Alvarez, 20 ambos de 20 anos, também estavam no carro e foram atingidas pelos disparos e levadas com vida para um hospital particular

Deixe uma resposta