Governador anuncia mais de 9 mil vagas gratuitas para cursos de qualificação profissional

O objetivo é atender a população desempregada e também quem pretende aprimorar a atividade na empresa que trabalha

9

O governo contratou 9.825 mil vagas para cursos de qualificação profissional, que serão disponibilizadas à população de todas as regiões do estado. Os cursos serão inteiramente custeados pelo Governo de Mato Grosso e os inscritos não precisarão pagar nada para fazer a qualificação, que será ministrada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Serão ofertados inicialmente 31 cursos, como de informática básica, designer de sobrancelhas, zelador, assistente de logística, agente comunitário de saúde, entre outros.

“São cursos em diversas áreas, focados nas demandas de mercado de diversas cidades do Estado de Mato Grosso. O Governo de Mato Grosso vai pagar esses cursos para que você, jovem, ou você que esteja desempregado, possa se qualificar e através da qualificação conseguir um emprego e até mesmo se aprimorar no emprego que possui”, afirmou o governador.

Mauro Mendes lembrou que Mato Grosso é um dos estados com as menores taxas de desemprego do país e também um dos que mais geraram emprego nos últimos anos. Porém, as empresas ainda têm dificuldades em contratar pela falta de mão de obra qualificada.

“Esses cursos são voltados às demandas de mercado, porque não adianta o cidadão fazer um curso que não vai ajudá-lo a conseguir emprego. Então quem tiver interesse, procure a sua prefeitura, o Senac e o Senai que você vai ter um curso 100% custeado pelo Governo de Mato Grosso”, orientou.

Para a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho, essa ação do Governo visa auxiliar o cidadão a conseguir colocação profissional.

“Queremos que o cidadão faça um curso que dê possibilidade de ingressar no mercado de trabalho. O Estado de Mato Grosso possui muitas vagas de trabalho, mas não temos pessoas capacitadas o suficiente para suprir essas vagas e permanecer no trabalho. É comum a pessoa ir no Sine [Sistema Nacional de Emprego], conseguir o trabalho, mas voltar no mês seguinte, porque não atendeu as exigências do empregador”, relatou.

Confira os cursos que serão ofertados nesta primeira etapa:

1 – Agente comunitário de Saúde

2 – Agente de combate a endemias

3 – Agente de Higiene e Beleza Animal

4 – Assistente Administrativo

5 – Assistente de Logística

6 – Atendente de Farmácia

7 – Auxiliar de Nutrição e Dietética

8 – Auxiliar em Saúde Bucal

9 – Básico de Corte e Costura

10 – Confeiteiro

11 – Costureiro

12 – Cozinheiro

13 –  Cuidador de Idoso

14 –  Cuidador Infantil

15 – Designer de Sobrancelhas

16 – Embelezamento das mãos e dos pés

17 – Estoquista

18 – Informática Básica

19 – Jardineiro

20 –  Libras

21 – Maqueiro

22 – Operador de computador

23 – Padeiro

24 –  Porteiro e vigia

25 – Preparo de bolos e tortas

26 – Produção de pães, doces e salgados

27 – Qualidade no atendimento ao cliente

28 – Recepcionista em serviços de saúde

29 – Salgados para festas

30 –  Técnicas de depilação

31 –  Zelador

Deixe uma resposta