Prefeito recua de fazer Carnaval em Chapada dos Guimarães diante do aumento da Covid-19

Ele baixou decreto proibindo outros eventos relacionados ao período carnavalesco e impôs multa de R$ 5 mil R$ 30 mil para os infratores

55

Foto: Otimar de Oliveira

Após analisar a realização do tradicional Carnaval em Chapada dos Guimarães, o prefeito da cidade, Osmar Froner (MDB), recuou da intenção e criou um decreto proibindo a festa de momo na cidade. O decreto vai além, proibindo qualquer evento no período carnavalesco. Osmar justificou que o decreto prevê a proliferação dos vírus da covid-19 e gripe ômicrom.

O decreto valerá no período de 1º de fevereiro a 7 de março deste ano. O descumprimento pode gerar multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil, de acordo com a situação econômica do infrator.

O decreto proíbe também, som ambiente, banda, cantores, qualquer tipo de música ao vivo ou som mecânico a partir da meia-noite. Som automotivo está proibido em qualquer horário.

A fiscalização será feita por órgãos Municipais com apoio da Polícia Militar. Denúncias podem ser realizadas pelo contratado disponibilizado pela Prefeitura (65) 99233 3210.

Deixe uma resposta