Deputado volta a defender intervenção da BR-163 ao comentar cobranças de pedágios da Rota do Oeste em MT

78

O líder do governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Dilmar Dal’Bosco (UB) voltou a defender a intervenção do governo Mauro Mendes (UB) sobre a BR-163. A Rota do Oeste admitiu um faturamento de mais de R$ 2,9 bilhões somente com cobrança de pedágios na BR-163, nos últimos seis anos. “E eu ando nessa BR-163 toda semana, e toda vez tem no mínimo três ou quatro carretas fora da rodovia”, disse em entrevista à uma rádio em Cuiabá, na semana passada.

Ele avaliou que quebra de contrato entre o governo federal com a concessionária Rota do Oeste, que administra a BR-163, em Mato Grosso, seria determinante para a conclusão no processo de duplicação da rodovia, que tem trechos com registros de mortes fatais quase diariamente. As obras que não foram feitas pela empresa estão sob o comando do DNIT. e a empresa alega dificuldades para atender o contrato de obras em R$ 4,6 bilhões, tendo feito somente R$ 3,5 bilhões.

“O Governo de Mato Grosso deveria intervir e assumir a rodovia. Nós não podemos ficar no caos que está, com fatalidades como as que correram recentemente com um ônibus”, avaliou o deputado.

 

Deixe uma resposta