Diretoria da AssutMT recorrerá ao MP para evitar reajuste de passagens nos transportes em Cuiabá

Powered by WP Bannerize

30

A diretoria da Associação dos Transportes  Associação dos Usuários dos Transportes Coletivos do Estado de Mato Grosso (ASSUT-MT), acionará na segunda-feira (9), o Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE) para evitar um possível aumento na tarifa dos transportes públicos em Cuiabá. recentemente, a MTU revelou a possibilidade de aumentar a tarifa baseado na liberação da faixa exclusiva de ônibus fora do horário de pico conforme decisão Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).

“Essa ideia e totalmente descabida e sem base legal vamos entrar com um pedido oficial na Arsec, na prefeitura de Cuiabá e com pedido no MP para que seja bloqueado todo e qualquer aumento na tarifa de transporte público de Cuiabá até que se universalize 100 por cento com ar condicionado o transporte público de Cuiabá”, disse o presidente da AssutMT, Pedro Aquino.

A Assut também está inserida nas discussões de uma audiência pública realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso para a criação da MT-030, que ligará Cuiabá a Chapada dos Guimarães via Ponte de Ferro, encurtando em 30 quilômetros o trajeto entre as duas cidades.

Pedro Aquino acredita que a nova rodovia causará redução nas passagens entre os dois municípios em pelo menos 35%e que também aumentará mais o fluxo no transporte por aplicativo e outros devido ao encurtamento da distância.

Deixe uma resposta