Vereador diz que falta gestão na prefeitura de Barão de Melgaço

Segundo ele, a cidade está com aspecto de abandono cheia de buracos e as pessoas indignada com o serviço público

193

O vereador Eduardo Amorim, o Dudu questionou o decreto municipal que fechou a prefeitura por mais de 50 dias em Barão de Melgaço. Segundo ele, falta gestão municipal para resolver as questões financeiras da cidade que teve orçamento aprovado em 2023 em mais de R$ 50 milhões em relação as gestões anteriores e nem assim, os serviços públicos estão a contento da população.

O vereador se mostrou surpreso com a decisão do executivo municipal, mas adiantou que na sessão ordinária dessa sexta-feira (1) vai cobrar posicionamento do legislativo e debater a realidade financeira do município. “Fomos pego de surpresa com decreto. Um exemplo são as obras dentro do município para melhorar a distribuição da água, a empresa contratada abre um buraco e leva meses para fechar deixando aspecto de cidade abandonada. Além disso, a atual prefeita é a que mais teve recursos para administrar o município. Não é bem assim como ela tá falando, falta gestão”, criticou o vereador.

Segundo o vereador, a prefeita esta “brincando” de fazer gestão pública. “Quem vai perder é o município em pleno final de ano receber uma noticia dessas de uma pessoa que deveria dar segurança e causa insegurança para a população. Quem vai perder são os comissionados que têm contrato e vão ser demitidos pelo péssimo gerenciamento da prefeitura com o dinheiro público. A população está indignada com o serviço público”, avaliou o vereador.

Deixe uma resposta