Que todas as mulheres possam prosperar livremente

Powered by WP Bannerize

33

À medida que o Dia Internacional da Mulher se aproxima, é hora de celebrarmos as conquistas das mulheres e refletir sobre o progresso que ainda precisa ser feito nos mais diversos espaços. O dia 08 de março não é apenas uma marca no calendário, mas sim uma oportunidade de reconhecer e honrar a incrível força, determinação e contribuição das mulheres em todas as esferas.

Sabemos que ainda há disparidades salariais, barreiras no avanço profissional, desafios na conciliação entre carreira e família, além de persistirem formas de discriminação e violência de gênero. Esses desafios, embora possam parecer avassaladores, não devem nos desanimar. Em vez disso, devem nos inspirar a continuar trilhando nosso caminho com resiliência, determinação e coragem, além de buscarmos criar e participar de políticas públicas de incentivo e proteção das mulheres.

Ao olhar para trás, somos lembradas das mulheres que enfrentaram adversidades com coragem e que lutaram incansavelmente por direitos e igualdade. São as operárias que marcharam nas ruas de Nova York em 1857, exigindo condições de trabalho dignas. São as sufragistas que enfrentaram prisões e violência para garantir o direito ao voto. São as atuais líderes que romperam barreiras e pavimentaram o caminho para as gerações futuras.

Também devemos olhar com honra e admiração para as mulheres que no seu dia a dia são mães e lutam pelo bem-estar e qualidade de vida dos filhos, pelas profissionais que trabalham diariamente para cumprir com as contas de casa e também para as universitárias e estudantes que sonham em tornar o mundo um lugar mais justo.

Como mãe, profissional e mulher independente, sei em primeira mão os desafios que enfrentamos diariamente. Nesse contexto, é essencial pensarmos sobre a implementação de políticas públicas que não apenas incentivem o protagonismo feminino, mas também protejam os direitos e defendam a segurança das mulheres.

É preciso investir em programas de empoderamento, acesso à educação e oportunidades de trabalho. Esses são passos cruciais para promover uma sociedade mais justa e inclusiva para todas. Além disso, é fundamental que haja uma firme ação na luta contra a violência doméstica e o assédio sexual, garantindo que as mulheres possam viver sem medo e protegidas.

Portanto, neste Dia Internacional da Mulher, quero encorajar todas as mulheres a continuarem trilhando seu próprio caminho. Não tenham medo de buscar suas paixões, de lutar por seus direitos e de defender aquilo em que acreditam.

Que nesta data possamos reconhecer nosso papel na sociedade e reafirmar nosso compromisso em criar um mundo onde todas as mulheres possam prosperar livremente.

Autora:
Jaqueline Mendes é formada em Administração (UFMT) e em Direito (UNEMAT), com tecnólogo em cooperativismo (UFV) também tem pós-graduação em gerência de cidades, em poder judiciário com ênfase em gestão judiciária e capacitação em desenvolvimento gerencial.

Funcionária pública estadual concursada há 30 anos prestando serviço ao judiciário de Mato Grosso, Jaqueline Mendes também é ex-primeira-dama de Diamantino e ex-secretária de Promoção Social, Esporte e Lazer (2001-2008).

Deixe uma resposta