Negociação para endividamento de estados deve ser agilizada

9

Após reunião nesta terça-feira (26) com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e governadores de estados superendividados das regiões Sul e Sudeste, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, informou que as soluções para renegociação dessas dívidas com a União serão definidas nas próximas semanas. Ele pediu para que o governo envie ao Congresso Nacional projeto de lei nesse sentido em até dez dias.

Pacheco elogiou a proposta inicial do governo de ampliação do ensino técnico e profissionalizante nos estados como contrapartida à renegociação das dívidas, mas sublinhou que o problema principal são as “dívidas impagáveis” com a União de alguns estados.

“A nossa proposta se mantém, é isso que nós vamos tramitar no Congresso: que é a questão do pagamento da dívida, aceitação de ativos, inclusive capital acionário, recebíveis, créditos de ações judiciais e a redução do índice de correção da dívida”, disse Pacheco.

 

Fonte: Agência Senado

Deixe uma resposta