Pré-candidato emite Nota de Esclarecimento

Powered by WP Bannerize

7

Neste ano de 2024, em outubro, será realizado o pleito municipal para eleição dos Prefeitos e Vereadores, que terão a incumbência de tornar a cidade de Maringá/PR um lugar ainda melhor para se viver. Entretanto, em período de pré-eleição, alguns hábitos da política se apresentam e emanam a necessidade de certa reflexão, em pretensão, principal, de assegurar o legitimo procedimento eleitoral, com a participação de todos aqueles filiados que se apresentem como pré-candidatos. Temos visto recentemente a realização de pesquisas, com a inclusão de pessoas que não são sequer pré-candidatas e com a ausência de pessoas que os são. A não inclusão de todos os pré-candidatos declarados frustra as pretensões do eleitorado, na medida que não permitida a real análise da preferência do município, com 410 mil habitantes e, aproximadamente, 295 mil eleitores. No meu caso em concreto, me encontro filiado ao PL (Partido Liberal) e me declarei pré-candidato à Prefeitura de Maringá, ingressando no mesmo com diálogo com o atual presidente municipal, Dep. Jacovós, também pré-candidato. A decisão de escolha dos futuros candidatos será objeto de decisão em convenção partidária (de todos os partidos), que ocorrerá somente em agosto/2024.

A pré-candidatura, em si, não é mera demonstração de interesse político e na concorrência eleitoral. É um meio de participar do debate público, com um único claro interesse: auxiliar no desenvolvimento da cidade de Maringá. A imprensa possui papel fundamental no debate público. Ao dar voz às diversas personas públicas, fomenta a discussão. Entretanto, novamente, não se tem disponibilizado espaço para algumas figuras públicas que se encontram na posição de pré-candidatos, como é o meu caso. Desta forma, esta nota tem como objetivo reiterar o papel fundamental da imprensa, como um todo, na formatação eleitoral, de acordo com a legislação vigente. Além disso, também é importante lembrar que o papel da imprensa é informar, difundir pontos controversos, expor opiniões e soluções para pontos diversificados e permitir que, após a demonstração de todos os caminhos possíveis, o eleitorado possa formatar sua própria opinião, por conta própria, assim como os partidos, em convenção, definirão seus candidatos a prefeito, por exemplo. A imprensa, com todo respeito, não deve privilegiar, dar mais espaço, preferir candidato próprio ou excluir, por mero subjetivismo, aqueles que se apresentam como pré-candidatos. Deve sim, garantir a igualdade na oitiva de todos os possíveis representantes de Maringá. Assim, sirvo-me da presente nota à população e imprensa maringaense para declarar minha condição de pré-candidato à Prefeitura de Maringá, a fim de que seja incluído em todas as entrevistas e possa dar a minha contribuição ao desenvolvimento da cidade de Maringá. Sem mais para o momento, protestos de elevada estima e consideração.

Atenciosamente,

 

Wilson Quinteiro Pré-candidato à Prefeito de Maringá Filiado ao PL (Partido Liberal)

Deixe uma resposta