Encontro do PSC de Cáceres lançou a pré-candidatura do vereador José Eduardo a prefeito na eleição municipal deste ano

16

O Partido social Cristão (PSC) de Cáceres se reuniu nesta sexta-feira (24) e oficializou a pré-candidatura do vereador José Eduardo Torres, no processo eleitoral do município em novembro deste ano. O encontro contou com a presença e apoio do pré-candidato ao Senado pelo PSC, o empresário Reinaldo Morais e dos vereadores Valdeníria Dutra e Rosinei Neves. A sigla avalia internamente, um nome para vice-prefeito.

A pré-candidatura do PSC tem por objetivo mostrar a viabilidade de uma nova gestão municipal, diante dos desgastes da atual gestão do prefeito Francis Mais Cruz, junto a população, que almeja mais investimentos, na geração de empregos e renda, saúde e infraestrutura.

Vereador de primeiro mandato eleito em 2016, José Torres já ocupou os cargos de Coordenador de Desenvolvimento Rural de Agricultura Municipal, Coordenador da Indústria, Obras e Serviços Urbanos e na Secretaria de Obras.

Torres afirmou que buscará apoio de partidos que estejam próximos das ideologias do PSC. “Ficou feliz e vamos partir para termos apoio de partidos que estejam dentro da linha empregada pelo PSC que é melhorias para sociedade”, disse Torres.

Reinaldo Morais acredita num projeto vencedor pelo fato de o vereador ter mostrado sua habilidade politica ao fiscalizar o executivo e promover o social sobre as demandas do município. “Vim hipotecar o apoio a este amigo e agora vamos buscar apoio dos demais partidos. Temos uma pré-candidatura direcionada por melhorias para a população”, afirmou Morais.

Neves também ressaltou a pré-candidatura ao destacar as atividades de José Torres em todo o município. “Ele tem trabalhado em defesa das prioridades da população e terá apoio dos demais partidos”, afirmou.

O PSC defende a pré-candidatura de José Torres sem apegos ao poder, mas de resgate social da população, que segundo avaliações, está no abismo sem perspectivas de desenvolvimento. “Esse abismo é real, os pobres ficaram mais pobres. Temos que mudar esse quadro. Não temos projeto de poder, mas de gestão eficaz”, assegurou José.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.