Marmitex ‘abençoada’ ameniza fome de pessoas em situação de rua e desempregados

25

Desde que a pandemia da covid-19 se alastrou entre a população mundial, a vida de quem já estava desempregado, piorou. Sob alegação da pandemia, as empresas deixaram de contratar e milhares de pessoas que ficaram à sorte, a ponto de também, não terem moradia e nem mesmo um prato de comida. Um projeto da prefeitura de Cuiabá tem amenizado a fome de pessoas desempregadas, que se misturam à população em situação de rua, em 75 pontos da cidade, para receber um marmitex que é distribuído de segunda a sábado, sempre as 11 horas. A comida é boa com arroz, feijão, carne, strogonoff de frango, salada e um docinho de sobremesa.

Assim, como ocorre, no ponto da rodoviária Eng. Cássio Veiga de Sá, no bairro Alvorada, uma fila é formada diariamente, para que as pessoas sem distinção, possam receber um marmitex de funcionários da secretaria municipal de Assistência Social de Cuiabá, num carro descaracterizado. “Eu já estava com emprego assegurado, passado na entrevista e começou essa pandemia, nunca mais me chamaram e não achei outro emprego”, lamentou um senhor que preferiu não se identificar. Ele que é morador no Alvorada, agradece a Deus pela oportunidade de buscar o marmitex e acredita, que a situação vai mudar para melhor com um novo emprego.  novo emprego.

Seu vizinho, José Acácio, que trabalhava de porteiro na região, também está desempregado e depende do marmitex para não ficar com fome. “Privatizaram a portaria e eu com pouco estudo fui demitido, agora tenho que ficar buscando um almoço que ajuda bastante”, justificou Acácio.

A secretaria distribui mais de 350 marmitex Centro-Sul, bairro do Porto, Morro da Luz e Rodoviária Intermunicipal de Cuiabá, mas não suficiente para atender a todos. A ação social teve a participação efetiva da primeira-dama, Márcia Pinheiro, que está afastada das atividades, mas os servidores públicos continuam os trabalhos.

Deixe uma resposta