Vereador recebe ameaças após denunciar caos no transporte escolar

39

Folhamax

Após denunciar na tribuna a precariedade do transporte escolar que atende as crianças da zona rural do município de Poconé, o vereador Luis Eduardo Almeida, o Dudu Carrapato (PSDB), recebeu ameaças via ligações anônimas recebidas via aplicativo de mensagens whatsapp e decidiu registrar um boletim de ocorrências para que as ameaças sejam investigadas.

“Para mim foi um recado claro que incomodei pessoas que até então estavam em condições muito confortáveis, sem fiscalização alguma. Mas é o meu trabalho e quero que seja investigado. Na ligação de número não identificado no início da tarde da última quinta-feira, dia 31 de março, um homem disse quando atendi: ‘cuidado aí em Poconé com essas denúncias e fica esperto’. Fiquei apreensivo e quero que a polícia investigue”, disse o vereador ao deixar a delegacia.

Segundo Dudu, uma van de empresa contratada pela prefeitura municipal, em péssimas condições de segurança, estava sendo utilizada para transporte escolar no distrito de Nossa Senhora do Chumbo, em Poconé. Além das condições precárias de segurança, o motorista que conduzia do veículo não possuía habilitação.

“Eu denunciei isso várias vezes na tribuna, cheguei a apresentar um requerimento de informações na Câmara Municipal, solicitando que a prefeitura prestasse esclarecimentos, porém, foi rejeitado pela maioria dos vereadores que são da base do prefeito. Com a graça de Deus, a polícia agiu após a denúncia dos pais e apreendeu o veículo. Imagina o risco para essas crianças, nem bicho é transportado assim. Com a repercussão grande na mídia, veio a ameaça. O fato é que não vão me parar, fui eleito para fiscalizar o Poder Executivo e vou continuar fazendo”, finaliza o vereador.

Deixe uma resposta