Alimentos para a Páscoa tiveram alta além das expectativas devido a inflação

13

Com uma alta de 83% acumulada nos últimos 12 meses nos produtos que compõem o cardápio da Páscoa, algumas tradições da festividade religiosa podem estar comprometidas. Os índices de inflação apontam que a maré não está para bacalhau, uma vez que o produto teve uma alta de 6,26%. “Muita coisa aconteceu e o preço de produtos tradicionais se tornaram extremamente “salgados” em plena época de doçura, então nos resta pesquisar antes de comprar, tanto no comércio físico quanto virtual. Recomendo também os produtos substitutos como, por exemplo, a barra de chocolate no lugar do ovo de Páscoa, pois um ovo de 200 ou 300 gramas está custando em média R$ 43,90, quase no mesmo preço que uma barra de 1kg de chocolate (R$41,00 em média)”, lembra, o economista e professor da Estácio, José Valmir Pedro, .Além do peixe, o chocolate, que faz a alegria de crianças e adultos, registrou aumento médio de 10,74%. Usado no preparo de outras sobremesas típicas da época, como canjicas, o açúcar refinado teve variação de preço de 43,77%.Analisando o mercado nacional e internacional de um dos subprodutos dos ovos de Páscoa, que é o açúcar, José Valmir Pedro diz que o Brasil está cada vez mais forte no setor de agronegócio, além de ter uma produção fantástica no campo, mas duas coisas vêm ocorrendo para elevar os preços ao consumidor.

Deixe uma resposta