Em Barão de Melgaço, pescadores e comerciantes falam da realidade financeira, após a lei da pesca

191

Comerciantes e pescadores de Barão de Melgaço revelam suas angustias com a queda de rendimento no faturamento do comércio e da venda do pescado artesanal na cidade depois da lei da pesca em vigo desde o início deste ano. Ao programa de TV Wilson Santos, eles ressaltam a necessidade de revisão da lei para melhorar a renda financeira do município, cujos relatos, já não é mais atraente para o turismo da pesca e nem de contemplação. Pousadas e hotéis também reclamam do afastamento dos visitantes a Barão de Melgaço, assim como bares e restaurantes.

 

Deixe uma resposta