Nutribras Alimentos mostra potencial aos visitantes com degustação de produtos na FIT Pantanal em Cuiabá

16

A linha completa de produtos suínos da Nutribras Alimentos movimentou o Stand da empresa, na Feira Internacional de Turismo Pantanal 2024, (FIT Pantanal), que aconteceu entre 30 de maio e 2 de junho, no Centro de Eventos Pantanal, em Cuiabá. No cardápio de carne suína servida para degustação, os visitantes experimentaram a Panceta Temperada, Picanha Temperada, Copa Lombo, Pernil Temperado, Shoulder e a linha completa Select Duroc. O proprietário da empresa, Paulo Lucion e a diretora comercial, Dinara Caregnatto prestigiaram o Stand da prefeitura de Sorriso, na FIT Pantanal.

A Nutribras Alimentos foi representada por Esequias Calebe de Morais, que atua em Cuiabá e Várzea Grande e Karine Ferreira, Encarregada Comercial, que atua na matriz, em Sorriso.

Esequias trabalha com a empresa há mais de cinco anos e tem a função de ampliar a carteira de novos clientes na baixada cuiabana e região do Coxipó, em Cuiabá. “A ideia e avançar sobre o mercado regional com produtos de alta qualidade para o consumidor”, disse Esequias.

Com unidades localizadas nos municípios de Vera e Sorriso, na região Norte de Mato Grosso, a Nutribras é pioneira por introduzir o modelo de suinocultura autossustentável no Brasil, sendo referência nacional e internacional, de como produzir alimentos, sem comprometer os recursos naturais.
Com capacidade para abater e processar mais de três mil suínos por dia, equipado com tecnologia de última geração e constante qualificação dos seus funcionários, a empresa atende as demandas dos mercados mais exigentes.

Frequentemente é citada em matérias nacionais, como a empresa destaque na criação, abate e industrialização da carne suína no país. A Nutribras Alimentos trabalha com investimentos de 500 milhões para se tornar autossuficiente na produção de milho, exportar os próprios produtos e ampliar os abates nos próprios frigoríficos. Os investimentos tecnológicos são sempre pensando na autosustentabilidade da empresa, como a criação do gás biometano em parceria com a universidade do Vale do Taquari, região sul de Mato Grosso, partindo dos dejetos dos suínos, produzindo a energia para a fazenda e a indústria. A frota da empresa já utiliza o gás para seus caminhões.

“A nossa função é negociar, analisar as propostas e fechar negócios para a empresa que faz questão de manter a marca dela aqui na baixada”, disse Esequias.

Segundo ele, a população abraçou a marca e a carne suína da Nutribras e os produtos são requisitados por vários estabelecimentos comerciais. “Temos produtos de qualidade e atrativos com o apelo de sermos autosustentáveis pela forma de atuação”, garantiu.

Deixe uma resposta