Organização do Peladão adota medidas contra USA e Liga da Justiça

33

A coordenação do Peladão, juntamente com o Conselho Disciplinar, a Federação Mato-Grossense de Futebol 7, e o idealizador do projeto, deputado estadual Wilson Santos (PSDB), anunciaram, em entrevista coletiva de imprensa, na tarde desta segunda-feira (19), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que USA ( Santa Amália) e Liga da Justiça (Pedregal) estão suspensas do Peladão por 3 anos.

Além disso, as duas agremiações vão dividir o prejuízo provocado na Arena Pantanal, após a briga generalizada entre parte das duas torcidas. O prejuízo, segundo a organização do evento, deve girar em torno de R$ 3 mil a R$ 5 mil, quando lixeiras, placas de publicidade e as duas hastes do escanteio foram danificadas.

A coordenação do Peladão também disse que os dirigentes e jogadores que estiveram envolvidos na briga devem ser levados ao Conselho Disciplinar do Peladão onde serão julgados.  Essas medidas devem ser sancionadas na próxima terça-feira (27) pelo Conselho Disciplinar dando às equipes o direito à defesa.

USA e Liga da Justiça fizeram a final da 11ª Edição do Peladão Centro-Oeste, na Arena Pantanal.Durante o tempo normal, a partida terminou empatada em 1 a 1.Na cobrança de pênaltis, o time da USA levou a melhor e venceu por 6 x 5.

Após serem declarados campeões, torcedores do time da USA invadiram o gramado do estádio e fizeram provocações contra a torcida da Liga da Justiça, que estava do outro lado da Arena.Vários torcedores da Liga da Justiça invadiram o gramado e começou a partir daí a confusão. A Polícia Militar chegou e conseguiu rapidamente controlar o tumulto.

A organização disse que no local, dentro da Arena, estavam seguranças privados, a tropa de choque da PM, que fez a segurança da arbitragem, duas ambulâncias, o Corpo de Bombeiros e quase 70 homens da PM, que faziam a segurança do entorno da Arena Pantanal.

Idealizador do Peladão, quando prefeito de Cuiabá, Wilson Santos disse que a competição deve passar por uma reformulação, principalmente na área de segurança.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.